Deixei escorregar as tintas em lágrimas de vento na lentidão de quem aguarda a transformação dos perfumes…

Pinto-te ( nos cabelos de mulher) , colorida de ventos, iludido que dançavas no desequilíbrio do sonho…
Web Analytics by Controlia